O DESASTRE NA PERSPECTIVA SOCIOLÓGICA E PSICOLÓGICA

O presente artigo tem por objetivo revisar e discutir conceitos de desastre na perspectiva de autores da Sociologia e da Psicologia, no sentido de contribuir com as discussões atuais sobre a abrangência do termo. Foi utilizada revisão de literatura incluindo-se os conceitos dos principais teóricos sobre o tema. No âmbito da Sociologia a palavra desastre abrange fenômenos delimitados no tempo e no espaço, capazes de causar danos físicos, perdas, rupturas sociais e mudanças no funcionamento da rotina diária. Características como o contexto social vulnerável em que a demanda exceda a capacidade de resposta são importantes para determinar um desastre. No âmbito da Psicologia, o termo, que faz menção a eventos súbitos e com potencial traumático delimitados no tempo e no espaço, refere-se a fenômenos coletivos que geram alto grau de estresse e provocam consequências/reações psicológicas nos envolvidos. Conclui-se que, embora os conceitos sejam importantes para classificar e delimitar fronteiras, torna-se fundamental compreender o desastre dentro do contexto social, político e econômico onde ele ocorre. Essas variáveis permitem avaliar a dimensão psicossocial das suas consequências, de modo que os desastres situam-se tanto como objeto de interesse científico quanto como problema de relevância social. 2014, 9 PÁGINAS.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.