Moradias Afetadas pelas Chuvas: dimensões objetivas e subjetivas dos danos pelo recorte de gênero

As chuvas na região Centro Sul do país é um fenômeno climático cuja associação com o padrão de ocupação urbano tem provocado danos e prejuízos, os quais imbricam dimensões ambientais, materiais e humanas, alguns materialmente identificáveis e passíveis de avaliação e outros subjetivos e inestimáveis. Quando moradias são afetadas, danificadas ou destruídas, os que ali são domiciliados vêem suas redes e práticas sociais conjuntural ou estruturalmente modificadas e se sentem impotentes diante da violência simbólica implícita na forma como as autoridades públicas agem diante das circunstâncias. A mulher é quem, culturalmente, desenvolveu aptidões para identificar e expressar tanto as dimensões objetivas das perdas concretas na moradia quanto às dimensões imateriais e intersubjetivas dos danos no núcleo familiar, razão pela qual sua perspectiva é o objeto dessa análise, a partir do caso dos desastres relacionados à chuva no município de São Carlos/SP. 2006, 14 páginas

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.