A ATUAÇÃO DO PSICÓLOGO DIANTE DOS DESASTRES NATURAIS: UMA REVISÃO

Os desastres naturais vêm afetando cada vez mais pessoas em todo o mundo, causando muitas vezes sofrimento psicológico às populações atingidas. Diante disso, questiona-se: como o psicólogo pode atuar em relação aos desastres naturais? Este artigo objetivou analisar a produção científica no campo da psicologia, disponível em bibliotecas virtuais nacionais e internacionais no período de 2000 a 2010, acerca da atuação do psicólogo diante dos desastres naturais. Para tanto, foi realizada uma análise de conteúdo da produção bibliográfica disponível nos bancos de dados CRID, BIREME e LILACS. Dos 72 trabalhos acessados, 47,67% relacionavam-se ao tema, sendo 43,33% em língua portuguesa. Quanto às práticas descritas, verifica-se maior enfoque nas ações do pós-desastre, especificamente no tratamento de transtornos mentais, em especial no transtorno do estresse pós-traumático. A partir dos dados levantados, salienta-se a necessidade de produzir artigos e outros trabalhos científicos como forma de divulgar orientações que sejam capazes de subsidiar as ações dos psicólogos diante dos desastres naturais, não focando somente o pós-desastre, mas também ações preventivas que visem fortalecer e preparar a comunidade para enfrentar os desastres naturais. 2012, 9 páginas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.